28 de junho de 2013

SEGREDOS DE UMA ALMA ESCONDIDA

Continuo a fazer de conta que me és indiferente, já passaram nove meses depois daquela mensagem, a mensagem que me fez perceber que realmente não era apenas um fascínio, mas sim amor o que eu sentia e sinto por ti.
Passaram horas, dias, semanas, meses e o medo permanece, é um nó na garganta que segura todo o sentimento que tenho dentro de mim, é um nó que, sozinha, não tenho coragem de o desfazer e, por isso, nunca será desfeito. Choro enquanto penso no que podíamos estar a fazer agora se não fosse ‘burra’, penso nos momento que podíamos estar a viver se não tivesse este medo que me domina por completo…e agora, passados estes nove meses sei que te cansas-te de esperar por algum sinal, passo por ti e vejo-te com ela. Não vejo nada de especial e ao mesmo tempo vejo tudo, vejo que olhas para ela como olhas-te para mim durante todo este tempo, o meu coração aperta, sorrio por fora e fico despedaçada por dentro, mas continuo e continuarei sempre com esta omissão. 

Recordo a mensagem de apenas duas palavras: és linda :)



Participação no Desafio (2) do Blog Livro de Desabafos

6 comentários:

Inês disse...

Obrigada pela participação, Soraia!

Daniela F. disse...

Já estive numa situação igual, e sei como te sentes.
Bjs.
Força, sei que és forte o suficiente para ultrapassar isso.

Violeta Santos disse...

Obrigado, sigo também :))

Nonô Torres disse...

princesse, vais superar tudo isso. tudo vai acabar por ficar bem, só tens de acreditar nisso! também te sigo...

Jovem $0nhador@ disse...

Oh que texto bonito =)

Renata disse...

obrigada, também sigo :)